Día del Olimpismo Gallego 2017

Martes, 21 Julio 2015 10:21

O Comité Internacional Jogos de Quelfes

Escrito por Gustavo Soares
Valora este artículo
(0 votos)

O Comité Internacional Jogos de Quelfes

jquelfes2014 webO Comité Internacional Jogos de Quelfes é uma organização sem fins lucrativos cujo principal objetivo é a promoção do Olimpismo enquanto filosofia de vida e modelo educativo, tendo por referência valores humanos universais como o esforço, o mérito, a tolerância, a entreajuda ou o bom exemplo enquanto elementos chave na educação das crianças.

FacebookTwitterDiggDeliciousStumbleuponGoogle BookmarksNewsvineLinkedinPinterest

Constituindo-se como ponto de encontro e reflexão de uma comunidade de escolas a nível internacional, o Comité Internacional Jogos de Quelfes empenha-se, particularmente, na promoção, partilha e divulgação de conteúdos pedagógicos que, à luz dos ideais olímpicos, possam, não só beneficiar os projetos educativos destas comunidades de ensino como, suscitar novos debates e abordagens.

Neste processo construtivo, onde o trabalho de resposta aos desafios lançados no seio do Movimento Olímpico é uma constante, os desígnios do Comité passam ainda pela construção de relações de diálogo, cooperação e proximidade com as instituições tão prestigiadas como o Comité Olímpico Internacional a Academia Olímpica Internacional, o Museu Olímpico, os Comités e Academias Olímpicas Internacionais ou os Centros de Estudos Olímpicos.

Garantindo a supervisão dos Jogos de Quelfes locais, pertence ainda à instituição concorrer para a celebração de um Festival Internacional que, congregando as diversas escolas, represente não só um ponto de partilha das suas próprias experiências, resultados e projetos como um convívio desportivo, cultural e científico para os alunos envolvidos.

Introduction local

O MITO DE QUELFES

De acordo com a lenda, na alvorada dos tempos, quando o continente da Atlântida foi submerso pela fúria do oceano, alguns sobreviventes alcançaram as costas daquilo que é hoje o Algarve. Um desses náufragos era Arraúl que, nesta nova terra, reencontrou o seu antigo amor, Leia, princesa da Atlântida. No entanto, e apesar do casamento feliz, permaneceram sem ter filhos durante largos anos.

De acordo com as antigas crónicas, Zéfiro, deus do vento do oeste, que governava a região a partir do topo da sua montanha, induziu Arraúl a procurar o favor dos deuses. Seguindo o conselho, viajou até à longínqua Grécia, tendo chegado a Olímpia, apesar dos inúmeros perigos e castigos enviados por aqueles que receavam a influência de Zéfiro.

Impressionado por tamanha demonstração de fé, coragem e vontade, Zeus, que assistia à celebração dos antigos Jogos Olímpicos, decidiu revelar finalmente ao casal o seu destino. Um ano depois, durante a primavera seguinte, Leia deu à luz uma menina a quem chamaram Quelfes. Nesse momento a voz de Zeus ecoou como um violento trovão:

- Que em nome desta menina se abençoem todas as crianças do mundo. Que o Espírito Olímpico floresça enquanto, em seu nome, celebramos jogos para os filhos da humanidade!

FlagSymbol

FACTOS PARA ALÉM DO MITO

DSCN2391webArraúl é uma figura recorrente na região, estando associado a muitos outros mitos, a maior parte dos quais relacionada com a origem e os elementos naturais existentes no concelho de Olhão. Um dos marcos anteriores a qualquer uma das histórias do Arraúl é aquele que hoje conhecemos como «Monte Figo», uma elevação com 411 metros, distando pouco mais do que 8km da linha de costa.

Durante a Antiguidade, este local conheceu, provavelmente, um dos mais importantes complexos de culto pagão no Algarve, nomeadamente desde que os marinheiros fenícios o consagraram a Baal Saphon (também referido como Hadad), deus da chuva e da tempestade.

Com a chegada dos colonos gregos, durante o século VI A.C., o monte ganhou um novo mestre: Zéfiro, a divinização do vento do oeste. Neste contexto, o mito de Quelfes representa, de facto, uma alegoria a esta ruptura civilizacional onde uma nova ordem substitui a antiga e as populações nativas são persuadidas a procurar os favores de uma nova família de deuses, mais ponderosa, divindades com capacidade de prover vida, fertilidade e prosperidade face à incapacidade das anteriores. É igualmente curiosa a referência a Zeus, pois Hadad também era representado como um homem barbudo empunhando um relâmpago.

Logo a partir da época helénica, o monte Zéfiro começou a ser utilizado como farol diurno, oráculo meteorológico e santuário marítimo/eólico. A sua presença constituía uma forte influência para todas as rotas de navegação que, do atlântico se dirigiam ao mediterrâneo. Tal como hoje em dia, era visível num raio de 60 km, desde o barlavento algarvio até à actual Huelva (Espanha). O escritor romano, Avieno, elucida-nos perfeitamente na sua «Ora Marítima»: «235 Zephyridos arcem siquis excedat rate et inferatur gurgiti nostril maris, flabris vehetur protinus favonii» (Se alguém atravessa de barco o maciço de Zéfiro e se dirige ao mediterrâneo, é empurrado incessantemente pelos sopros de vento do Favónio).

Durante a ocupação romana, o santuário cresceu em importância. Foi construída uma estrada, ligando o santuário à cidade de Balsa e é muito provável que se tenha acendido uma chama no topo, permitindo o seu avistamento pelos navios durante a noite. Mesmo tendo os novos conquistadores um novo deus do vento do oeste, Favónio, a influência grega subsistiu e Zéfiro continuou a ser honrado mesmo após a introdução da religião cristã.

OS JOGOS DE QUELFES LOCAIS

cartaz JQ 2014 webO Comité Internacional Jogos de Quelfes tem estado ativamente envolvido com as autoridades públicas do concelho de Olhão, no Algarve (Portugal), atendendo à celebração anual dos Jogos de Quelfes locais. Com este evento de inspiração Olímpica, o Comité pretende proteger, difundir e celebrar as origens mitológicas do movimento, associado com as lendas de Quelfes e de Arraúl. Por outro lado, com o apoio das instituições Olímpicas nacionais, este festival cresceu ao ponto de ser um dos mais simbólicos pontos de encontro de Educação Olímpica em Portugal. 

Apesar da sua celebração local, os Jogos erstão abertos à participação de toda e qualquer escola ou criança, dos 8 aos 11 anos, independentemente do seu país de origem, quer nos eventos desportivos quer culturais.

A próxima edição terá lugar entre os próximos dias 29 de Março a 6 de Abril e qualquer pessoa pode envolver-se nesta festa ou trazer a sua escola, alunos ou crianças a participar, quer contatando o Comité de Organização local (Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo.) ou o Comité Internacional Jogos de Quelfes (Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo.). Mais informação em www.kelfigames.com.

DESENVOLVENDO MATERIAIS EDUCATIVOS

capabadanas webO Comité Internacional Jogos de Quelfes tem pautado igualmente a sua atividade pela criação de materiais educativos.

Um exemplo dessa atividade é o livro «Kelfi e os Jogos Olímpicos», editado em 2012 pelo Comité Olímpico de Portugal e considerado unanimemente como «a melhor obra sobre Olimpismo destinado às crianças alguma vez editado em língua portuguesa».

Mais recentemente, o Comité tem editado digitalmente o seu jornal «Kelfi News», bilingue (português/inglês) e bimestral, com iguais fins de difusão da filosofia Olímpica junto dos mais novos.

Dando consequência a esta sua vocação, o Comité está permanentemente disponível para colaborar com as demais instituições como os Comité e Academia Olímpica Internacional, instituições Olímpicas nacionais, museus Olímpicos ou Centro de Estudos Olímpicos na produção de materiais educativos ou na implementação de programas educativos de base Olímpica.

Autor: Gustavo Soares para el C.E.O.

4112119 orig

Visto 517 veces Modificado por última vez en Miércoles, 22 Julio 2015 17:34
Más en esta categoría: Balears, potencia olímpica »
Inicia sesión para enviar comentarios

Acceso Asociados

Más leídos

Agenda

loader

Ahora en línea

Hay 36 invitados y ningún miembro en línea

Próximamente...

No se han encontrado eventos

Boletín del CEO del COI

Revistas Científicas

Próximos Congresos

Twitter

Facebook

Canal Olímpico

Scroll to top

Las cookies son pequeños archivos de texto que su ordenador descarga cada vez que visita un sitio web. Cuando regresa a ese sitio web, o visita sitios web que utilizan las mismas cookies, estas reconocen su ordenador o dispositivo móvil y facilitan y aceleran la navegación

Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios y mostrarle publicidad relacionada con sus preferencias mediante el análisis de sus hábitos de navegación. Si continua navegando, consideramos que acepta su uso. Puede cambiar la configuración u obtener más información consultado nuestra Política de Cookies’.